Exposição Temporária - Takashi Amano no Oceanário de Lisboa

Cliente:
Oceanário de Lisboa, S.A.

Local:
Lisboa - Portugal

Ano:
2015

Trabalhos Executados:
- Acabamentos
- Instalações Técnicas

Área de Construção:
700 m2

Prazo:
4 meses

Área de Intervenção:
Edifícios Públicos


A empreitada consistiu na execução dos trabalhos de acabamentos de construção civil e instalações técnicas relativas à exposição temporária a realizar na Sala de Exposições Temporárias, no piso 2 do Edifício Novo do Oceanário de Lisboa. A sala onde decorreram os trabalhos tem cerca de 700m2. Obra muito técnica e com um prazo de execução muito curto face às exigências de execução.

Esta exposição com o nome de “Florestas Submersas by Takashi Amano” apresenta as florestas tropicais através de um aquário, com banda sonora de Rodrigo Leão. A peça principal desta exposição nasceu do convite ao mais famoso aquascaper, Takashi Amano, para criar o maior "nature aquarium" do mundo: 160 m3 de volume, em forma de "U", com 40m de comprimento, 2,5m de largura e 1.45m de altura. Estavam presentes 40 espécies de peixes tropicais de água doce (num total de mais de 10.000 peixes) e 46 espécies de plantas aquáticas.

A exposição abriu portas em 2015 sem data para o seu fim. Após a morte de Takashi Amano esta exposição tornou-se um símbolo e uma homenagem à sua vida e obra e apenas no primeiro ano teve cerca de um milhão de visitantes.